• Paulo Ricardo Ayres

PARA ONDE VAI A EDUCAÇÃO FÍSICA?

Lembro quando eu e vários Professores clamávamos por uma Profissão regulamentada, lutamos muito através das APEF (Associação dos Professores de Educação Física), uma das APEF mais atuante era a do Rio Grande do Sul do qual fazia parte. Já faz algum tempo isto, mas algumas passagens estão na minha memória, no dia 01/09/1998 estava na ULBRA de Canoas palestrando juntamente com o Prof. Ney Pereira sobre a importância da regulamentação da Educação Física, ao sair de lá ainda no carro me deslocando para Porto Alegre conversando com o Ney, recebo uma ligação do Prof. Nelson Bittencourt, ele falou: “Paulão o Presidente assinou a regulamentação da Profissão de Educação Física, viva pode espalhar”, falei para o Ney e vibramos muito no carro, no outro dia tínhamos outra palestra na ULBRA sobre o mesmo tema, mas agora o assunto era outro, finalmente tínhamos uma Profissão regulamentada, isto mudaria tudo, “leigos” não poderiam mais interferir em nosso mercado, mas lembro de que falei uma frase forte: “De nada adianta um papel assinado se não mudarmos nossa conduta, agora somos Profissionais e assim devemos nos comportar.” Foi criado o sistema CREF/CONFEF, muitas resoluções foram publicadas, uma luta interminável para banir falsos profissionais do mercado, mas infelizmente a consciência do alguns Profissionais não mudou, pois reclamam do sistema, mas não colaboram com o mesmo. Reclamam que não existe fiscalização, mas ao mesmo tempo ficam quietos quando um falso Professor está trabalhando ao seu lado e pior mudas vezes protege este “elemento”. Reclama sem ao menos entender um pouco sequer da legislação e qual o rito para uma fiscalização. Muitos querem que acabe o sistema CREF/CONFEF sem saber que voltarão as “trevas da Educação Física”. Isto me deixa triste, depois de tanta luta tudo pode ser perdido e não teremos mais as fiscalizações, permitindo que qualquer um de aula e pior não teremos mais a esperança de termos uma consciência Profissional adequada. Embora para mim não faça muita diferença, pois estou quase me aposentando, mas para quem está entrando no mercado preparem-se, vocês vão provavelmente viver o que eu vivi quando comecei. Posso dizer foi terrível, hoje é um paraíso ser Professor de Educação Física, podem acreditar nisto.


92 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

  • Preto Ícone YouTube
  • Facebook 100% Esporte
  • Instagram 100% Esporte

© 2019 por 100% esporte. Orgulhosamente criado por KDZ Web Sites